Vereadores participam de evento de repasse financeiro do Governo Federal para Santa Casa

por Fernanda Morais publicado 20/12/2018 11h05, última modificação 20/12/2018 11h08
Vereadores participam de evento de repasse financeiro do Governo Federal para Santa Casa

Vereadores participam de solenidade de repasse financeiro do Governo Federal para Santa Casa de Misericórdia

A Câmara Municipal foi representada pelos vereadores Leandro Ribeiro (PTB), Elinner Rosa (MDB), Lélio Alvarenga (PSC), Lisieux José Borges (PT), Américo Ferreira (PSDB), Valdete Fernandes (PDT) e Deusmar Japão (PSL) durante uma solenidade realizada na Santa Casa de Misericórdia de Anápolis com a presença dos Ministros da Saúde, Gilberto Occhi e das Cidades Alexandre Baldy.

Na ocasião foram destinados do Governo Federal para o Município R$ 3,5 milhões que serão utilizados para a aquisição de um aparelho de ressonância magnética e R$ 1,8 milhão por ano para que 25 leitos da Santa Casa instalados na Unidade Nossa Senhora do Carmo comecem a funcionar. Os recursos serão somados aos R$ 100 mil que a Prefeitura repassa mensalmente a unidade para garantir atendimento a população.

De acordo com coordenador de enfermagem da Santa Casa, Júlio César Gomes da Silva, os 25 novos leitos que serão disponibilizados receberá pacientes de clínica estáveis que precisam de reabilitação decorrentes de traumas ou cirurgias.

Leandro Ribeiro, atual primeiro secretário da mesa diretora da Câmara e eleito presidente da Casa para o próximo biênio (2019-2020), esteve ao lado do prefeito Roberto Naves, de Alexandre Baldy, Gilberto Occhi na mesa principal do evento.

Os vereadores Lélio Alvarenga e Elinner Rosa são respectivamente presidente e vice da Comissão de Saúde da Câmara Municipal, também fazem parte do grupo que participa diretamente dos assuntos relacionados a saúde do município os vereadores Deusmar Japão e Américo Ferreira.

Santa Casa

 A Santa Casa é um hospital geral filantrópico e possui 185 leitos SUS, sendo 36 de UTI. A unidade responde por 15,83% dos atendimentos ambulatoriais e 61% das internações do município. Em 2017, recebeu do Ministério da Saúde R$21,47 milhões para esses atendimentos e internações.