Pastor Elias Ferreira pede mais infraestrutura e segurança pública para o Daia Norte

por Marcos Vieira publicado 13/06/2018 10h54, última modificação 13/06/2018 10h54

Foto: Ismael Vieira

O vereador Pastor Elias Ferreira (PSDB) solicitação providências do governo estadual, em discurso na tribuna na sessão desta quarta-feira (13.jun), para falta de infraestrutura e segurança no Daia Norte, que tem prejudicado três empresas instaladas no local.

O Daia Norte é uma expansão do Distrito Agroindustrial de Anápolis (Daia), cujo processo de implantação teve início a partir de 2011.

Pastor Elias explicou que a Lidertex Indústria e Comércio de Tintas e Revestimentos, a Indústria e Comércio de Alimentos Triângulo e a Plastibel Indústria e Comércio de Plásticos pediram socorro a ele, para que interceda junto ao Estado para que algumas demandas sejam atendidas.

Faltam saneamento básico e galerias pluviais nas ruas onde estão as indústrias. Também não há postes e, consequentemente, iluminação pública, o que torna o local propício para a ação de marginais. As empresas não contam com cabeamento para internet e são obrigadas a utilizar chips no dia a dia para acessar sites e e-mails.

O vereador informou que as empresas já encaminharam um ofício ao presidente da Companhia de Desenvolvimento Econômico de Goiás (Codego), Júlio César Vaz de Melo, pedindo providências. Em nome da Frente Parlamentar de Segurança Pública da Câmara Municipal, Pastor Elias disse que também reforçará essa luta.

“Vou enviar ao governador José Eliton (PSDB), ao presidente da Codego e ao secretário estadual de Desenvolvimento Econômico, Leandro Ribeiro”, informou o vereador. Ele disse ter certeza que o governador atenderá aos pedidos dos empresários.

O vereador frisou a importância de dar estrutura às indústrias, que geram empregos e renda para a cidade, além delas terem investido, juntas, cerca de R$ 40 milhões para se instalarem em Anápolis.