Pastor Elias faz alerta: Hospital Evangélico Goiano pode desativar leitos de UTI que atendem o SUS

por Marcos Vieira publicado 09/04/2019 16h11, última modificação 09/04/2019 16h11
Pastor Elias faz alerta: Hospital Evangélico Goiano pode desativar leitos de UTI que atendem o SUS

Pastor Elias faz alerta: Hospital Evangélico Goiano pode desativar leitos de UTI que atendem o SUS (Foto: Ismael Vieira)

O vereador Pastor Elias Ferreira (PSDB) revelou na tribuna, nesta terça-feira (9.abr), que o Hospital Evangélico Goiano (HEG) poderá desativar os 11 leitos de UTI credenciados para pacientes do SUS, principalmente em oncologia, cirurgia cardíaca e neurologia.

O vereador disse que foi informado do problema pelo diretor-executivo do HEG, Ernei de Oliveira Pina. O governo estadual não faz repasses financeiros ao hospital há 15 meses. “Além disso, todo o ano de 2016 não foi pago”, frisou Pastor Elias.

“A situação é gravíssima e fiquei muito preocupado com o relato do doutor Ernei”, prosseguiu o vereador. Segundo ele, o fechamento dos leitos do HEG que atendem ao SUS é impensável, principalmente em um momento de crise no Hospital de Urgências de Anápolis Dr. Henrique Santillo (Huana).

Pastor Elias informou que está enviando um ofício ao governador Ronaldo Caiado e ao secretário estadual de Saúde, Ismael Alexandrino Júnior, relatando a situação e pedindo providências para pagamento dos atrasados ao Hospital Evangélico Goiano.

“Creio que o secretário Ismael Alexandrino estará na nossa cidade amanhã [10.abr] à tarde”, comentou o vereador.