Pastor Elias diz que segue cobrando Triunfo Concebra para que cumpra obrigações contratuais

por Marcos Vieira publicado 10/09/2019 19h08, última modificação 10/09/2019 19h08
Pastor Elias diz que segue cobrando Triunfo Concebra para que cumpra obrigações contratuais

Vereador Pastor Elias Ferreira, do PSDB (Foto: Ismael Vieira)

O vereador Pastor Elias (PSDB) enumerou melhorias necessárias ao perímetro urbano das rodovias federais que cortam Anápolis, em discurso na tribuna nesta terça-feira (10.set), relatando ainda as dificuldades da concessionária da BR-060 em cumprir com suas obrigações.

“A triste Triunfo Concebra, que estamos esperando morrer para sepultar. Estamos atrás porque ela não cumpre com suas obrigações”, discursou.

Ele ressaltou que a empresa assumiu a concessão confiante de que teria seus pedidos atendidos no BNDES. Como o governo federal “fechou a torneira”, o que já estava quebrado, continuou nessa situação.

“Embora não dá para atender essa condição, pois ninguém passa naquela cancela que tem em Goianápolis sem antes pagar. E em dinheiro”, ressaltou.

Pastor Elias disse que foi atrás do valor repassado pela Triunfo Concebra à Prefeitura de Anápolis, via ISSQN, e recebeu a informação de que desde o início da concessão, em 2015, até maio deste ano, o valor chegou a R$ 1.670.981,61.

O vereador levantou outra demanda, a necessidade de iluminação no trecho urbano das BRs. Segundo ele, em reunião em Brasília, o ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, disse que essa obrigação é das prefeituras.

Pastor Elias informou que atualmente a Procuradoria-Geral do Município estuda essa questão.

Escolas
Pastor Elias também é autor de indicação aprovada em plenário que pede ao prefeito Roberto Naves (PTB) a doação ao Estado de duas áreas para construção de escolas padrão século XXI, no Jardim Primavera e Ana Carolina.

“Os projetos para a construção das novas escolas estão aprovados e o dinheiro já existe. O terreno no Jardim Primavera atenderia o Conjunto Filostro Machado, que não tem área pública para ser doada. Já para o Jardim Guanabara seria utilizada a área no Ana Carolina”, explicou na tribuna o vereador.