Dia do Autismo ganha destaque nas discussões da Câmara Municipal

por Fernanda Morais publicado 11/04/2019 14h49, última modificação 11/04/2019 14h49
Dia do Autismo ganha destaque nas discussões da Câmara Municipal

Dia do Autismo ganha destaque nas discussões da Câmara Municipal

Na noite da última quarta-feira (11.abr), foi realizada sessão solene para celebrar o Dia Municipal do Autismo. A iniciativa foi da vereadora professora Geli Sanches (PT), autora da lei que marca essa data em Anápolis, sempre no dia 2 de abril.

"Sou uma defensora dos autistas. Meu coração já é azul. Fui diretora de uma escola, a Manoel Gonçalves Dias, e abri as portas para receber as crianças autistas. Naquela época eu não tinha conhecimento da causa. Foi difícil porque também não havia professores preparados para inclusão. Mesmo assim, fui adiante e foi uma época de aprendizado em minha vida", disse a vereadora.

A professora explicou o porque resolveu abraçar a causa do autismo na Câmara Municipal.

"Uma mãe, também professora, me procurou buscando ajuda para tentar reduzir a carga horária de trabalho porque ela precisava manter o emprego, mas acima de tudo, cuidar da sua filha autista. Suely, obrigada por confiar em mim. Parabéns pela sua filha, Ana Laura. Você é um exemplo. Junto ao procurador da Câmara,  buscamos leis para atender todas essas mães", contou.

Participaram da sessão ordinária o vereador Lélio Alvarenga, o juiz da Vara da infância e Juventude, Carlos Limongi Sterse, o presidente da Apae, Hélio Lopes, pais, mães, professores e militantes da causa autista em Anápolis.

"Há 8 anos a Apae Anápolis atendia 8 crianças autistas na escola, mas sem diagnóstico fechado. Hoje, com a mudança do conhecimento sobre essa condição, as crianças não são assistidas como portadoras de déficit intelectual. Então a Apae passou a realizar o acompanhamento na área de saúde. Temos 200 vagas mensais e recebemos o encaminhamento via regulação da Secretaria da Saúde. Mas conseguimos atender pelo menos 260 crianças com nosso suporte", disse  Hélio.

O juiz da Infância e Juventude, Carlos Limongi parabenizou a ideia da vereadora Professora Geli em trazer o debate sobre autismo para a Câmara Municipal. "As pessoas ainda não tem conhecimento sobre essa condição, mesmo com o aumento considerável de diagnósticos. Parabéns vereadora, parabéns a todos os envolvidos e militantes da causa. Essa rede que vocês formaram é muito importante para as nossas crianças.

Certificados

Durante a solenidade foram entregues certificados de honra ao mérito para homenagear algumas pessoas que atuam na defesa dos autistas de Anápolis. Receberam o documento:

Alessandra Rose de Resende Jacob
Ana Paula Mizuno Mahmud
Daniel Victor Arantes
Hélio José Lopes (presidente da Apae)
Soraya Andrade Chagas e Israel Cândido da Silva (pais de criança autista)
Jairo Belém Soares Ribeiro Júnior
Juliana Maria José Francis Martins (Casa Joana)
Lígia Freire de Souza (Caps Infantil Crescer)
Lucas Alves Landim
Nerci Ribeiro (Equoterapia Carolina Ribeiro)
Nilse Teresa Fleury Leite (Associação de Deficiências Múltiplas Equoterapia)
Reamilton Gonçalves Espíndola de athayde (Presidente da Aspaa)
Simone Pescara de Freitas (Prjeto Refazer/colégio Zeca Batista)
Valdileya Prado Rezende (Diretora do Centro Municipal de Apoio a Diversidade)

Em nome dos homenageados, Soraya Andrade Chagas, mãe da Ana Laura de  14 anos agradeceu a abertura da Câmara Municipal para esse debate. "Eu amo minha filha. Quando ela nasceu, achei que estava sozinha nesse mundo, nessa luta. Mas não. Nossa rede está se fortalecendo, nossas crianças se desenvolvendo. Tenho orgulho dessa batalha, de todas as mães e instituições que abraçaram a causa autista. Obrigada a todos pelo apoio", disse.

Histórico

Em 2016 a vereadora Professora Geli Sanches teve a iniciativa de aprovar lei, com respaldo de seus colegas na Câmara, que instituiu no município políticas públicas para garantia de proteção e ampliação dos diretos dos autistas.

Ainda em 2016, Geli foi autora da Lei nº 3851, de 7 de outubro, que instituiu no município a Semana Municipal de Conscientização do Autismo, a ser comemorada anualmente na semana a partir do dia 2 de abril, data em que se comemora o Dia Municipal do Autismo.

Em 2018, também por iniciativa da Professora Geli, foi criada lei que dispõe sobre prioridade a atendimento de pessoas com Transtorno do Espectro Autista, no âmbito do município de Anápolis