Câmara presta homenagem ao pastor Sebastião José Inácio, por 50 anos de ministério

por Marcos Vieira publicado 07/06/2018 10h15, última modificação 07/06/2018 10h20

Foto: Ismael Vieira

A Câmara Municipal de Anápolis realizou Sessão Solene, na noite de quarta-feira (7.jun), para conferir Certificado de Honra ao Mérito, com Moção de Aplauso, ao pastor Sebastião José Inácio Filho, por seus 50 anos de ministério na Igreja Assembleia de Deus Ministério de Anápolis. Também foram celebradas as bodas de ouro do matrimônio do homenageado com a pastora Maria Pereira da Silva.

Autor da propositura para a Sessão Solene, o presidente da Câmara Municipal, vereador Amilton Filho (SD), abriu o evento falando do orgulho em poder conferir a homenagem ao pastor Sebastião, “um homem de Deus”, que ao lado da esposa tem dedicado sua vida a pregar o Evangelho. Ele ressaltou que a Moção de Aplauso, aprovada em plenário pelos 23 vereadores, representa a vontade do povo anapolino.

Amilton Filho também falou do quanto o pastor Sebastião é querido na comunidade. “Recebi inúmeros telefonemas me felicitando pela iniciativa. É uma prova clara do quanto nosso homenageado é querido e respeitado em Anápolis”, ressaltou o presidente.

A homenagem foi prestigiada por diversas autoridades religiosas. Entre elas, o presidente da Igreja Assembleia de Deus de Anápolis, pastor José Clarimundo César, também presidente do conselho da Ciad (Convenção Internacional da Assembleia de Deus de Anápolis). “Falar deste casal é fácil, pois ele vive o Evangelho do Senhor da forma mais simples e pura”, discursou Clarimundo. O pastor também ressaltou: “digo sem medo de errar, Sebastião e Maria são exemplos de fé, trabalho e perseverança”.

Também estiveram na Sessão Solene o pastor Ivan Raposo, que hoje exerce cargo na Prefeitura de Anápolis, na área de instituições de assistência social; o pastor Jocélio César, vice-presidente da Ciad; o pastor Rildo Arantes, presidente da Confiego; o pastor Elias Garcia, editor da Revista Ensinando as Nações; e a pastora Maria Odete César, esposa do pastor Clarimundo César.

A homenagem também foi prestigiada pelo secretário de Desenvolvimento Econômico de Goiás, Leandro Ribeiro (PTB), pelos vereadores Pastor Elias Ferreira (PSDB) e Deusmar Japão (PSL), e pelo ex-prefeito João Gomes (PSDB).

Em sua saudação, João Gomes parabenizou o casal, que segundo ele tem ajudado a construir a história da cidade de Anápolis. “Seguir Sebastião e Maria no dia a dia deles não é tarefa fácil, dado o dinamismo de ambos para as coisas da família e de Deus. Sentimos orgulho da simplicidade e amizade do casal, que tem uma alegria de viver”, disse João Gomes.

Já o vereador Pastor Elias falou da alegria da homenagem ao pastor Sebastião Inácio. “O que o presidente Amilton Filho faz na noite de hoje, tenho certeza, jamais será apagado da memória de todos nós”, afirmou.

A família do casal também compareceu em peso à Sessão Solene. Filho de Sebastião e Maria Pereira, o também pastor Moisés José Inácio, 1º vice-presidente da Ciad, fez um discurso emocionante. “É muito bom ser filho de vocês. Cresci ouvindo palavras poderosas e edificantes, que construíram um legado não só para a família, mas para muitos”. Pastor Moisés disse ainda que a mensagem em seu lar, ensinada por Sebastião e Maria, sempre foi “Deus proverá”.

Também estiveram na Sessão Solene Otaniel José Inácio e a esposa Luzia; pastor Elieser José Inácio e a esposa Deborah Brito; pastora Otaniene e o esposo pastor Anilton Mota; e Claudionice Rodrigues Inácio, esposa do pastor Moisés.

Homenageado
Em seu discurso de agradecimento, o pastor Sebastião José Inácio Filho se referiu aos discursos feitos pelos convidados como “palavras bonitas”. “Minha responsabilidade a partir de hoje aumenta mais ainda”, completou. O líder religioso afirmou que tem pautado sua vida à família, e que com isso não tem decepcionado Deus.

Ao falar da esposa, o pastor disse que quer o bem-estar dela em primeiro lugar. “Se minha preocupação é com ela, a dela é comigo”. Pastor Sebastião falou ainda que sua preocupação é ser uma pessoa de valor e cuidar de todos que estão à sua volta.

Palavras
Neto dos homenageados, o presbítero Gabriel Inácio foi o responsável por preparar a biografia do pastor Sebastião José Inácio Filho e da pastora Maria Pereira da Silva, lida na Sessão Solene. Confira a íntegra do texto a seguir:

HISTÓRIA DE VIDA
PASTOR SEBASTIÃO JOSÉ INÁCIO FILHO E SUA ESPOSA MARIA PEREIRA DA SILVA

Hábitos inteligentes e comprometimento sábio são as chaves para se manterem juntos.

Cinquenta anos atrás, o casamento parecia bem diferente. A média de idade para dizer "eu aceito" era menor (20 para mulheres e 23 para homens em 1965, para 27 e 30 nos dias atuais) e a porcentagem de pessoas que se uniam era maior (70% para nossos 50% hoje).

Mas o fato de compartilhar uma vida juntos é desafiador, gratificante e não mudou!

Fazenda Lagoa Alegre, 4 de Agosto 1948 - nasce Sebastião José Inácio filho, primogênito de Argemiro José Inácio e Geraldina Quintina Inácio.

Em 30 de Janeiro de 1951, em Campo Alegre de Goiás, nascia a futura amada, Maria Pereira da Silva, filha de Francisco Pereira de Silva e Carmelita Luciana de Melo.

Ambos se conheceriam 17 anos depois, debaixo de uma laranjeira, e juntos construiriam uma surpreendente história na qual o amor os uniu em 22 de Junho de 1965. A propósito, o texto lido naquela noite deslumbrante foi o seguinte: É melhor ter companhia do que estar sozinho, porque maior é a recompensa do trabalho de duas pessoas.

Se um cair, o amigo pode ajudá-lo a levantar-se. Mas pobre do homem que cai e não tem quem o ajude a levantar-se! E se dois dormirem juntos, vão manter-se aquecidos.

Como, porém, manter-se aquecido sozinho? Um homem sozinho pode ser vencido, mas dois conseguem defender-se. Um cordão de três dobras não se rompe com facilidade. “Eclesiastes capítulo 4, versículos 9 a 12.”

Tendo em vista que era uma igreja simples e na mesa do altar nem forro tinha, ela com 17 anos, ele 21. Acima de tudo uniam-se ali não só duas vidas, mas propósitos e ministérios.

Após o casamento o casal deixa tudo! Pais, familiares, fazenda e caminham juntos em direção a surpreendentes mudanças que a vida lhes reservava, acresce que tiveram momentos incríveis de sorrisos, felicidades, mas também momentos de dor, lágrimas, no entanto nada os fez desistir no meio do caminho.

Se tiveram motivos para desistir? Sem dúvida! Talvez vários. Entretanto optaram por dar a volta por cima rumo ao propósito de uma vida de vitória. Inesperadamente Deus tinha muito mais do que eles aviam sonhado.

Na vida familiar os presenteou com quatro filhos e duas filhas.

Na vida Ministerial pastorearam a igreja desde a primeira semana de casados, por 18 anos.

Quando parecia que tudo se resumiria ali, o trabalho do casal é totalmente redirecionado. Eles passaram a servir não só a uma congregação, mas a todas do Brasil.

Juntamente com toda a liderança da igreja, os trabalhos cresceram de forma extraordinária.

Direcionados por de Deus foi criada a Ciad – Convenção Internacional da Assembleia de Deus de Anápolis, a qual o casal preside há mais de 17 anos.

Em resumo, o casal comemora bodas de ouro, e também 50 anos de ministério.
O ouro é um dos metais mais valiosos e belos que existem, utilizado ao longo da história como um sinônimo de riqueza e fartura.

Em comparação ao casamento, aos 50 anos de matrimônio, este material simboliza a nobreza desta união, que se manteve forte e inabalável durante todos estes anos.

O termo ‘boda’ tem sua origem no latim "vota" / “votum”, que pode ser traduzido literalmente como "promessa". Diante disso podemos afirmar que Deus tem estado com ambos em sua longa caminhada. Já viajaram por inúmeras vezes, por praticamente todo o território nacional. Os familiares e amigos próximos costumam dizer que eles já deram a volta ao mundo por várias vezes de carro!

Já fizeram também algumas viagens internacionais inclusive em Israel.