Teles ressalta a importância da atuação do nutricionista nas áreas de saúde e educacional

por Marcos Vieira publicado 06/09/2017 20h09, última modificação 06/09/2017 20h09

O vereador Teles Júnior (PMN) ressaltou na tribuna, na sessão de terça-feira (6.set), a importância do nutricionista na medicina feita nos dias de hoje. Graduado na área, o vereador foi autor de sessão solene realizada em 31 de agosto, Dia do Nutricionista, na Câmara Municipal, que prestou homenagem a diversos profissionais da área.

Inicialmente, Teles exaltou o salto da profissão durante o governo do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, através do programa Fome Zero. “Porque a gente tem que criticar, tem que cobrar, mas também tem que colocar à honra aquilo que existe. O programa Fome Zero foi um dos mais importantes para a nação brasileira ter alimentação saudável. Foi por intermédio dele que se passou a ter uma visão diferenciada sobre a atuação do nutricionista”, discursou o vereador.

Teles solicitou que ficasse registrado em ata o importante papel do nutricionista na saúde pública, bem como no atendimento clínico e também no trabalho realizado nas equipes de UTI. O vereador falou ainda do protagonismo desse profissional na educação, na elaboração da merenda escolar. “Há uma responsabilidade técnica nas escolas, que antes da presença do nutricionista serviam suco de caju e bolacha. Hoje a alimentação diária oferecida aos alunos alcança as calorias recomendadas pela medicina”, completou.

Segundo Teles Júnior, um diálogo já mantido com o prefeito Roberto Naves (PTB) fez com que ele acreditasse no compromisso do Poder Executivo anapolino na valorização do nutricionista, no sentido de fazer valer a lei e garantir que as equipes médicas tenham esse tipo de profissional em seus quadros. “Isso ainda não é realidade, mas temos buscado [esse compromisso]. Acredito que o diálogo com o Executivo é grande, mas é importante dizer que o profissional já tem o reconhecimento dessa Casa”, explicou.

Teles também informou que foi homenageado pelo Sindicato dos Nutricionistas de Goiás, pois é o primeiro profissional da área que alcançou um mandato de vereador no Estado. “No dia 30 [de agosto], em Goiânia, recebi a homenagem e agradeço ao Conselho Regional dos Nutricionistas e ao sindicato”.

Ainda sobre a importância do nutricionista, o vereador lembrou que as empresas do ramo alimentício e os restaurantes precisam estar atentos em relação ao papel essencial que o profissional pode exercer em seus negócios.

Fiscalização
Também em seu discurso na sessão ordinária, Teles Júnior pediu para que ficasse registrado em ata a importância do nutricionista na área da saúde e a preservação desse espaço, garantido em lei. O vereador falou especificamente na necessidade do Município em realizar ações, notificando profissionais da clínica médica que estão fazendo o papel de nutrólogos ou dietistas, duas competências exclusivas do nutricionista.

“Faço um alerta à Comissão de Saúde desta Casa, um alerta aos populares que nos assistem e nos ouvem, que denuncie quando uma pessoa que não é habilitada exerça a profissão, pois isso é crime”, explicou Teles. O vereador ainda pediu que a população não entre na onda das dietas da moda, devido ao perigo que isso representa à saúde.

A lei municipal nº 2974, de 30 de maio de 2003, estabelece que restaurantes, cozinhas industriais e estabelecimentos afins, que produzem acima de 100 refeições por dia, são obrigados a manterem profissional nutricionista como responsável técnico pela elaboração de alimentos.

Já a lei federal nº 8234, de 17 de setembro de 1991, que regulamenta a profissão de nutricionista, diz que a atividade privativa da ocupação é o planejamento, organização, direção, supervisão e avaliação de serviços de alimentação e nutrição, bem como a assistência e educação nutricional e coletividades ou indivíduos, sadios ou enfermos, em instituições públicas e privadas e em consultório de nutrição e dietética.

registrado em: ,
Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Endereços web e e-mail são transformados em links clicáveis. Os comentários são moderados